sábado, 2 de fevereiro de 2008

Oops de Sábado à noite...3

video

Cuidado com as correntes de ar....

7 comentários:

Luz disse...

http://descobrialuz.blogs.sapo.pt/53407.html

Jinho

Dawa disse...

Oh Joseph, não esperava um video destes aqui. Que palhaçada!

Quem é q s dá ao trabalho que fazer apanhados destes?!

Bom Carnaval!
Bjs!

serenidade disse...

Ups...é preciso mesmo ter muito cuidado com o vento...ainda não levei o selo...ainda não tive um tempinho, desculpa, durante a semana tenho estado sem net e o fim de semana é pouco para tudo o que é necessário fazer e o que se quer fazer....

Obrigada pelos comentários sempre agradáveis e criticos, gosto muito. O mais recente post tem mais alegria, é só constactares:)

Serenos sorrisos

belakbrilha disse...

Vento atrevido!!! ;)

hoje vou linkar-te...mas pelo nome, não gosto muito de selos, desculpa!

bjs

manuela disse...

AHAHAHAHA!!!

Fartei-me de rir.

Até chorei.

Bom video sim senhor e belos cús(perdão) bundas.
Até me esqueci dos problemas.
Miúdos doentes em casa, que rico Carnaval este.
Bom Carnaval

Manuela

Luz disse...

Obrigada amigo!!!

Olha é assim, ela doente não está porque a vi no desfile de carnaval dos miúdos, do mais reproduzida possível, dançava, cantava à moda da terra dela...
A miúda, filha dela, anda na mesma escola que o meu. O filho não vai para a escola, meio mundo sabe mas ninguém faz nada e sinceramente já me revolta se estar a negar um direito tão importante como a educação.
É o miúdo que todos os dias às 7:30h da manhã leva a irmã (as aulas começam às 8h). Ainda há dias ia sendo atropelado... E é ele que à tarde a vai buscar. Ninguém me conta, vejo todos os dias.
Segundo o que consegui investigar eles (pais) estão legais, ou seja, com residência. E também pelo que soube (tenho andado a fazer-me de parva tentando não dar muito nas vistas) a mãe quando trabalha, parece que não é todos os dias, entra às 11h, o que lhe permite perfeitamente levar a miúda.
Felizmente não conheço mais nenhum caso por aqui e talvez por isso dê tanto nas vistas e as mães que têm os filhos na mesma turma da miúda (que é o meu caso) não param de falar uma com as outras por ser tão negligente, no nosso modesto ponto de vista... Tendo em conta que todos os outros são os pais a ir pôr e ir buscar, com excepção de um ou 2 casos que são os avós.
Estranhamos e não achamos normal.
Certamente onde eles viviam é normal, mas por aqui não é!

jinho

Luz disse...

Como não sei se ainda vais lá também ponho aqui:

Entendo-te mas opto por dar semanada. Embora ele seja bastante pequeno gostava que ele entendesse desde cedo o que é isso de gestão financeira. Acho que tenho conseguido. A dificuldade em gerir dinheiro está a tornar-se uma doença crónica de muita gente. Gostava seriamente que ele aprendesse a dar valor ao dinheiro. Dou-lhe uma quantia quase irrisória e optei por controlar os gastos dele por forma a explicar se pode, se não pode, porque pode e porque não pode.
Desde que a dou notei que ele começou a dar valor a coisas que não entendia. Por exemplo agora sabe quanto tempo tem de esperar para poder comprar um jogo para a Playstation dele. Ele não tinha noção, como a maioria dos miúdos não tem, acham que cai do céu e pronto.
Eu tive mesada e também por isso não considere que lhe estou a dar liberdade a mais.
Continuo obviamente a comprar-lhe brinquedos, jogos etc, o dinheiro dele é única e exclusivamente para este caprichos dele, mas também deixo que ele sinta na pele que custa ganhar, que caprichos têm preço.

Bj