domingo, 30 de novembro de 2008

DESENCONTRO - uma delícia de poesia e música....

Abrindo o jornal para postar um artigo sobre um homem que mata a mulher com 7 facadas e..., vejo também chapadas, pontapés, socos numa professora..., desastres de toda a espécie..., a política pelas ruas da amargura..., 200 mortos e 200 feridos em ataques terroristas em Mumbai (ex-Bombaim) na India..., tumultos na Tailândia..., e um rol de mais desgraças..., que optei por postar uma música suave, numa interpretação soberba de 2 "senhores" da música luso-brasileira.

Aqui está a minha sugestão para vós:



Canção: Desencontro (2008)
Intérpretes: Luis Represas e Simone (Duet)

No início está o poema em escrita e depois vem o dueto musical entre estes grandes valores da música portuguesa e brasileira... Acho uma delícia musical.

Para ver e ouvir o vídeo, desligar primeiro a barra de música, que está à direita, se estiver a tocar.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

OCDE - Desemprego e Recessão em 2009 e 2010...



A economia deverá sofrer uma quebra de 0,2%. A OCDE é a primeira a colocar Portugal em recessão.



A recessão económica vai chegar a Portugal já no próximo ano e deve fazer a taxa de desemprego subir até 8,5%, o valor mais alto dos últimos 21 anos. Segundo o Economic Outlook divulgado ontem pela OCDE, exportações e investimento em queda, conjugados com um consumo arrastado pela tendência negativa, vão fazer a economia contrair -0,2% em 2009, empurrando Portugal para a primeira recessão desde 2003.

Os dados da OCDE são os mais pessimistas até agora, e mantêm a tendência de actualização das previsões em baixa à medida que os danos provocados no sistema financeiro vão sendo incorporados. De facto, desde Outubro que as estimativas são sucessivamente revistas, com a Comissão Europeia e FMI (0,1%) a contrariarem o optimismo do Governo, que, em Outubro, apontava para um crescimento de 0,6%.

O desemprego é o indicador mais afectado. Segundo a OCDE, a taxa de desemprego vai subir de 7,6% para 8,5%, o valor mais alto desde 1986, tornando Portugal o quinto dos trinta países da OCDE com mais desempregados em percentagem da população activa, ultrapassando mesmo a França e a Alemanha. Em 2010, o cenário piora, com a taxa de desemprego a atingir os 8,8%.

Ontem, o primeiro-ministro José Sócrates, cujo Executivo previu, em Outubro, que o desemprego em 2009 se mantivesse ao nível de 2008 (7,6%), afirmou que os números da OCDE “são apenas previsões” e que as estimativas para o crescimento económico até são mais positivas do que para a zona euro, que deve ter uma contracção de 0,6% do respectivo Produto Interno Bruto (PIB). Já o ministro da Economia, Manuel Pinho, não quis comentar o relatório.

Apesar de a performance relativa de Portugal ser superior à da zona euro, a verdade é que em 2010 a OCDE aponta para nova divergência em relação aos países integrados na união monetária, com Portugal a crescer apenas 0,6% contra 1,2%. Desde 2003 até 2007, Portugal cresceu, em média, menos 1% do que a zona euro, sendo que em 2010 a diferença deverá ser de 0,6%. Na prática, isso significa que o único período em que Portugal consegue encurtar a distância é em ano de recessão europeia. “Isto mostra que a reestruturação de muitos sectores devido à concorrência internacional vai ser superior ao que se pensava”, explica Rui Constantino, economista-chefe do Santander Portugal.

De resto, todos os indicadores entram em quebra face a 2008. Depois de as exportações e investimento entrarem no vermelho, é a vez do consumo – a rubrica que tem resistido melhor à crise – cair em termos reais, com uma contracção de 0,2% em relação ao ano anterior. Ou seja, as famílias vão apertar o cinto e moderar as suas compras.

“A tendência não é de agora, já se nota uma alteração dos padrões de consumo”, diz Filipe Garcia, da IMF. “Por exemplo, as famílias já comem menos vezes fora. Em 2009, esta tendência de alterações do consumo vai continuar”.


Previsões da OCDE

1 - Consumo
O consumo tem sido o indicador mais resistente. De acordo com a OCDE, o próximo ano vai ver uma contracção real do consumo das famílias de -0,2%, uma perda marginalmente superior à que teve lugar em 2003, ano da última recessão. O consumo recupera em 2010, mas de forma anémica e em divergência face à zona euro, que tem um crescimento de 1,2%. A confiança do consumidores já estava bastante baixa nos últimos meses.

2 - Investimento
Com o consumo em queda e a procura externa a abrandar, os empresários vão tornar-se mais contidos na altura de investir. Assim, o investimento (medido pela formação bruta de capital fixo) vai cair 1,2%, um valor que diverge em 2,7 pontos percentuais da estimativa inscrita pelo Governo no Orçamento do Estado para 2009. Em 2009, a rubrica volta a crescer, mas de forma muito ténue: apenas 0,5%, um valor abaixo da zona euro (1%).

3 - Défice
Segundo a OCDE, o défice público vai subir em 2009: atinge os 2,9%, um valor perigosamente próximo dos 3% fixados como limite no Pacto de Estabilidade e Crescimento. Ano de excepção? A OCDE diz que não: em 2010, o défice volta a subir e, desta vez, chega mesmo aos 3,1%, um valor superior ao que se registava em 2007. No Economic Outlook, o organismo sedeado em Paris pede mesmo mais medidas estruturais de contenção da despesa pública. Hoje, a Comissão Europeia deverá sublinhar a flexibilização do PEC até 2010.

Pedro Romano/net/joseph

terça-feira, 25 de novembro de 2008

O que foi o 25 de Novembro de 1975 ?



RAMALHO EANES, JAIME NEVES E VASCO LOURENÇO

O actual figurino político português ficou definido com o 25 de Novembro de 1975. Ano e meio após o 25 de Abril, que derrubou o regime salazarista, novo confronto militar derrotava as facções ideológico-militares que preconizavam o poder popular e fazia vigorar os princípios da democracia representativa. Numa leitura simplista, as teses da extrema-esquerda (e, também, do PCP) não resistiam ao sistema defendido por PS, PSD e CDS.

No campo militar, as forças lideradas por Vasco Lourenço, que estava no Palácio de Belém com o então Presidente da República, Costa Gomes, e por Ramalho Eanes, que chefiava as operações no Regimento de Comandos da Amadora em conjunto com Jaime Neves, batiam as unidades militares que responderiam, entre outros, às ordens de Otelo ou de oficiais comunistas - sobretudo porque tinham um plano e uma cadeia de comando, já que, à partida, o potencial bélico da chamada esquerda militar era superior.

O episódio simbólico da mudança na correlação de forças, nesse período que durou de 24 a 28 de Novembro, é quase anedótico. No dia 25, o (então) capitão Duran Clemente - segundo-comandante da Escola Prática de Administração Militar, que tinha ocupado a RTP - falava em directo na televisão, explicando as teses da facção mais esquerdista. De súbito, começa a dizer que lhe estão a fazer sinais, pois parece que há problemas técnicos, anunciando que voltará ao ar quando tudo estiver resolvido. Entretanto, a imagem do oficial fardado é substituída pela de Danny Kaye, no filme
O Bobo da Corte.

DN-fernando madail/Net/joseph

domingo, 23 de novembro de 2008

Como é que se desliga esta coisa?...


video

Sem comentários!...

Para ouvir o som do vídeo, desligar primeiro a barra de música, à direita, se a mesma estiver a tocar.

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

TEIXEIRA DOS SANTOS, o "PIOR" ministro das Finanças da Europa!.



"...ganhou uma nada honrosa competição... é o pior entre 19."

O ranking anual do jornal inglês "Financial Times" (FT) sobre o desempenho de 19 ministros das Finanças europeus colocou Teixeira dos Santos no último lugar. A "fraca economia" e o pequeno impacto a nível europeu explicam a classificação, escreve o FT.

Este ranking analisa a actuação dos ministros em três vertentes: económica, política e de estabilidade - e Teixeira dos Santos fica em 17º., 19º. e 11º., respectivamente, o que não lhe permite escapar ao ÚLTIMO lugar, na classificação final.

Contactado pelo jornal 24 horas, o Ministério de Teixeira dos Santos não quis fazer qualquer comentário a esta lista do FT.

......................................................

(Transcrição parcial de um artigo publicado no 24horas do dia 19 do corrente...)

24h/NunoSoares/Net/joseph

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

As minhas músicas favoritas - 19




Canção: Proud Mary (Um clássico dos anos 60 [1969])
Intérpretes: Creedence Clearwater Revival

Fica o registo áudio com imagem fixa, dado não ter encontrado um vídeo com boa imagem desta formidável interpretação.
Líder da banda: John Fogerty


Para ouvir o vídeo, desligar a barra de música, à direita, se estiver a tocar.

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Uma PP prà frentex....



"A Vice-Rainha da Noruega!..."

Deputada há mais de 10 anos, eleita presidente do PP (Partido do Progresso) da Noruega em 2006, esta economista norueguesa, de 39 anos, é mais cortejada do que uma princesa.

Considerada da velha guarda pelos seus detractores , suspeita de manter um racismo latente e de querer dobrar os sindicatos, SIV JENSEN capitaliza o descontentamento crescente neste país riquíssimo.

Favorável à redução de impostos, Jensen preconiza sobretudo utilizar as formidáveis reservas e fluxo de rendimento do petróleo e do gás para melhorar as infra-estruturas e o Estado-Providência.

A popularidade de Siv Jensen está a crescer tanto que já há quem lhe chame a vice-rainha da Noruega.

Joaquim Letria/rev24h/joseph

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Avó de 56 anos deu à luz... 3 netas!...



POR CAUSA DA INFERTILIDADE DA FILHA E DO GENRO...


Jaci Dalenberg, norte-americana de 56 anos ofereceu-se para ser "barriga de aluguer" dos netos, porque a filha e o genro não podiam conceber. E acabou por dar à luz três meninas, duas delas gémeas idênticas, no passado dia 11 de Outubro.

Eu estou bem, sinto-me óptima, disse Jaci, a recém-avó, residente no Ohio. "Conhecendo os resultados, eu era capaz de fazê-lo novamente, mas... não o vou fazer", afirmou. A filha, Kim Coseno, garantiu que não fará com que a mãe passe pelo mesmo outra vez.

Após ter tido conhecimento de que a sua filha e o marido, Joe Coseno, pretendiam adoptar uma criança, Jaci mostrou-se disponível para ajudar o casal. Após uma fertilização in vitro com material biológico de Kim e Joe, os embriões foram implantados no útero da avó, que levou a gravidez avante, apesar dos riscos da
sua avançada idade.

As recém-nascidas, Gabriella, Carmina e Elizabeth estão bem, considerando que nasceram prematuramente, através de uma cesariana, com sete meses de gestação, mas encontram-se ainda no hospital.

(Uma lição de vida!)

Net/j24h/joseph.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

"Condenada" por adultério depois de violada ?!...



RAPARIGA APEDREJADA NA RUA ATÉ À MORTE

A UNICEF revelou no dia 5, que uma adolescente de 13 anos, foi apedrejada até à morte, em plena praça pública, após ter sido condenada por um tribunal regido pela lei corânica, na Somália.

Aisha Ibrahim Dhuhulow foi apedrejada por uma multidão, durante uma execução pública que se seguiu a ter sido declarada culpada por um tribunal islâmico da cidade de Kismayo, liderada pelo líder islamita Hassan Turki, no Sul da Somália.
A vítima foi violada por três homens quando se deslocava para visitar a avó.
"Depois da agressão, ela procurou a protecção das autoridades, que a acusaram de ADULTÉRIO e a condenaram à morte por apedrejamento", noticiou o Fundo das Nações Unidas para a Infância, da Unicef.

"Trata-se de um incidente trágico e lamentável. Uma criança é duplamente vítima, primeiro dos autores da violação e depois daqueles que administram a Justiça", denunciou o representante da UNICEF para a Somália, Christian Balslev-Olesen.

Até quando estas barbaridades continuarão a ser permitidas?...
---------------------------------

Eu não consigo perceber...
---------------------------------

Jor24h/6.11.2008/Net/joseph

sábado, 8 de novembro de 2008

MELANIE C, "diferente", numa música dos anos 60.....




Canção: I want Candy (1965)
Intérprete: Melanie C (ex-Spice Girls)

-Esta canção, num ritmo que não é, normalmente, o utilizado pela Mel C, já fez parte dum álbum da Série da TVI "Morangos com Açúcar", tendo sido regravado o ano passado para fazer parte do Album THIS TIME. É um original dos STRANGELOVES.

Para ouvir o vídeo, desligar a barra de música, à direita, se estiver a tocar.

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

A vergonha de uma classe!!!...- Parte 2.




Sábado, Março 20, 2004

Badaró

Há alguns meses tinha lançado a pergunta. Agora, graças a uma colaboração com a TV7Dias, respondemos a essa e a muitas outras questões, numa entrevista exclusiva com o maior comediante de todos os tempos, o único, o inimitável, Badaró!


O Período – Boa tarde Badaró, o que é feito de si?
Badaró – Decidi afastar-me da televisão e tenho andado entretido com outras coisas.
O Período – Com o quê?
Badaró – Olhe, tive uma trombose, por exemplo.
O Período – Ah, então não está a tentar engatar-me utilizando um esgar sexy, está é com uma semi-paralisia facial.
Badaró – Correcto, e também com um pouco de gases.
O Período – E esse look Pai Natal, quando decidiu adoptá-lo?
Badaró – Tive uns tempos no Iraque e o Saddam aconselhou-me o barbeiro dele.
O Período – Estou a ver. Posso concluir que tem viajado muito.
Badaró – De facto tenho, mas verdade seja dita que quanto mais viajo mais saudades tenho de Portugal.
O Período – Sim, tenho de concordar que temos um belo país.
Badaró – Não é isso, simplesmente ainda não consegui achar outro povo tão patego como o português, que me pague para fazer humor.
O Período – O Badaró para além de grande humorista, também tem uma faceta Júlio Isidro. Lançou jovens talentos, como foi o caso, por exemplo, da Ana Malhoa.
Badaró – Sim, devia uns cobres ao José Malhoa. Mas a Ana também desde cedo mostrou ter um grande potencial – ao finalizar esta frase Badaró emite o som hubba hubba, enquanto se baba ligeiramente.
O Período – Há quem diga que Badaró para além de ter "apadrinhado" a Ana, também a acompanhou ao longo da sua carreira. Existem mesmo rumores que você era o Boiréré.
BadaróNão comento.
O Período – Acho que os seus fãs gostariam de saber a verdade. Existiam pouco humoristas em Portugal com qualidade necessária para encarnar uma personagem como o Boiréré.
Badaró – Só posso adiantar uma coisa. Muuuuuuuu!!!!
O Período – Por falar em grandes personagens. Chinesinho Limpopó o que é feito dele?
Badaró – Agladeço a lemblança.
O Período – (risos)
Badaró – Obligado!
O Período – (ainda mais risos)
Badaró – Obligado!
O Perído – Ok, já chega.
Badaró – O Pelíodo.
O Período – Adiante. Hoje em dia, na sua opinião, quem são os melhores humoristas nacionais?
Badaró – O humor nacional, desde a minha saída de cena, ficou praticamente sem ícones. Existia o Camilo, mas ultimamente também tem andado desaparecido.
O PeríodoAh! O grande Camilo, claro. E o Herman?
Badaró – O Herman acomodou-se e ainda por cima agora virou loiro.
O Período – Toda a gente sabe que as tias perto dos 50 ficam loiras. Para terminar esta nossa entrevista, projectos futuros?
Badaró – Estou em negociações com o Francisco Penim, para que a SIC Radical passe algumas das minhas séries mais conhecidas como Badarosíssimo, ou o Grande Pagode, onde pontificavam personagens como Abreu Dá Cá o Meu ou mesmo o Chinesinho.
O Período – Ahhhhh, nostalgia...

(Fim)

(escorrido por Loretta/Blog O Período)

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

A vergonha de uma classe!!!...


O humorista BADARÓ, de 75 anos, morreu no passado dia 1, no IPO, em Lisboa, onde se encontrava internado, lutando contra um cancro no estômago. Antes o comediante (O MAIOR), já tinha sofrido vários problemas de saúde. Para além de um cancro linfático, Badaró sofreu também um AVC (trombose), ao mesmo tempo que sofria de Alzheimer, que lhe vinha a afectar cada vez mais a memória.

No ano em que fazia 50 anos de carreira, Badaró deixou de fazer rir. Para a história fica o seu "Chinezinho Limpopó" (como ixpilico?) "O Abreu" e a frase "Ó Abreu, dá cá o meu", O "Zé Povinho", os "Dois Velhos", etc...



Manílio Badaró nasceu no Brasil, mas em 1958 visitou Portugal e nunca mais de cá saiu. "Ele veio em digressão com a revista brasileira "Fogo na Pandeira" e por cá ficou, relembra a actriz Natalina José. Outros actores também falaram em seu abono, tais como Ruy de Carvalho, Rosa do Canto, Alina Vaz, Raul Solnado e outros. Rosa doCanto ainda disse: "Não lhe deram muitas oportunidades neste país. Tenho imensa pena, acho que foi uma grande perda".
Badaró deu a última entrevista na TV em 2006.

Aquando do seu funeral,no dia 2, fiquei muito admirado com a revolta de 4 artistas apenas e que foram à despedida de BADARÓ. A verdade é que deviamos todos homenagear o homem que tanto trabalhou entre nós. Só que a hipocrisia é tamanha, a memória tão curta, nem vale a pena bater no ceguinho, escreveu Carlos Castro no jornal 24horas.

O corpo de Badaró, seguindo a sua vontade, foi levado para estudo, para a Faculdade de Ciências médicas da Universidade Nova de Lisboa, após a celebração de uma missa de corpo presente na Igreja de Paço de Arcos.




Continua - Parte 2.

J24hor/MC e VC/Net/joseph

terça-feira, 4 de novembro de 2008

O Mundo hoje, está na expectativa das Eleições nos Estados Unidos da América.....





E o Vencedor foi:

R: Barack Obama ganhou com 53%, contra 47% de John McCain.