quarta-feira, 18 de junho de 2008

Mansa Musa Mohammed, praticou atrocidades com 22 familiares!...



Um tribunal da cidade californiana de Murrieta, nos EUA, considerou culpado Mansa Musa Mohammed, muçulmano polígamo muslim, de 55 anos, que não trabalhava, de ter torturado 7 dos 19 filhos, de ter abusado sexualmente de 12 e de ter maltratado as 3 esposas com quem vivia e os netos.

Na sua defesa, apenas disse que "tinha direito a 4 mulheres!".......

Os filhos contaram perante o tribunal que muitas vezes eram obrigados a agredir-se uns aos outros. Adiantaram que comer e ir à cada de banho eram considerados privilégios. Chegavam a passar sete dias sem comer....

Detido em 1999, depois de uma das mulheres ter contado a um funcionário dos Correios que era vítima de abusos, Mohammed enfrenta agora, uma condenação, em cúmulo jurídico, de 7 prisões perpétuas.

(Só podia ser um louco!...)

Pesq.Net/CM/Joseph

4 comentários:

Deusa Odoyá disse...

Oi meu novo amigo Joseph.
Adorei e viajei em seu blog.
Lindas imagens, amei.,
Te aguardo no meu cantinho.
Beijos da amiga do lado de cá.
Voltarei sempre.
Um belo texto.

Andreia do Flautim disse...

Que horror, era condená-lo ao mesmo que fez à família!

salome disse...

Meu Deus nem acredito no que há pelo mundo fora, onde vamos parar.Abraço

Manuela disse...

Está explicado então não é que nós temos sangue a correr nas nossas veias dessa raça.
Será que é a Raça a que se refere o nosso Digníssimo Presidente?
É que todos os Portugueses que vivem depois do Porto são árabes.
Não?
Ora aí está a raiz do nosso problema.
Somos um país de tarados.
Por isso o Sócrates é tão Sádico e tira-nos o comer como esse pai, e saúde nem pensar ir ao médico.
Até o Carlos Cruz tem desculpa coitado, está na genética.
Abraço

Manuela