segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Eleições Americanas - 4 de Novembro. Quem ganhará?


Barak Obama - Senador Democrata

John McCain - Senador Republicano

Sarah Palin - Republicana - Governadora do Alaska


Em nova pesquisa, McCain tem 50% e Obama 46%
Publicado em 08.09.2008, às 10h24

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, John McCain, assumiu a liderança nas intenções de voto dos americanos em uma nova pesquisa divulgada nesta segunda-feira (8).
A sondagem USA Today/Gallup, realizada logo depois do encerramento da convenção nacional do Partido Republicano, mostrou McCain à frente do democrata Barack Obama com 50% a 46% entre eleitores registrados, dentro da margem de erro de três pontos porcentuais para mais ou para menos.
Uma sondagem USA Today/Gallup realizada no fim de semana anterior, logo depois da convenção democrata, mostrava Obama sete pontos porcentuais à frente de McCain. As convenções nacionais realizadas pelos partidos Democrata e Republicano serviram para oficializar seus candidatos.
De acordo com o cientista político Larry Sabato, ouvido pelo USA Today, a virada de McCain seria um efeito da convenção republicana. "A convenção dos republicanos foi um sucesso e, pelo menos inicialmente, a escolha de Sarah Palin (como vice na chapa de McCain) está fazendo a diferença", disse Sabato ao periódico.
Vinte e nove por cento dos 1.022 adultos entrevistados disseram que a escolha de Palin, governadora conservadora do Alasca, como vice de McCain os deixou mais propensos a votar na chapa republicana em 4 de novembro. Ao mesmo tempo, 21% observaram que a escolha torna mais improvável seu voto em McCain.
Com relação ao senador Joseph Biden, escolhido por Barack Obama como companheiro de chapa, 14% disseram que a escolha os deixou mais inclinados a votar nos democratas, revela a mesma sondagem. Sete por cento disseram-se menos propensos a votar em Obama por causa da escolha de Biden.

Também consta que, este volte-face, poderá estar relacionado com o facto dos americanos não verem com bons olhos um negro como presidente da nação mais poderosa do mundo.

JC On line/Net/joseph

5 comentários:

Cati disse...

Obama... espero!

Andreia do Flautim disse...

Que ganhe o melhor!

elvira carvalho disse...

Os americanos inclinam-se para mais do mesmo. Porque apesar de toda a liberalidade que apregoam não esquecem a cor do Obama.
Um abraço

cõllybry disse...

Olá, querido amigo...Tudo bem?...
Que ganhe o que seja melhor em termos praticos, e de sangue novo...

Estou de volta...

Beijito

Maria Francisca Sousa da Silva disse...

Amigo
Quanto a este post, eu também acredito que Barack Obama, não vai ganhar por ser NEGRO!
Nunca em tempo algum um negro será presidente da América!
Eu gostaria...mas tenho sérias dúvidas.
Gosto muito do seu blogue.
Vou voltar mais vezes.
beijinhos
Chicailheu